quinta-feira, 23 de junho de 2016

Alimentação X Fadiga


Fonte: Google imagens

A fadiga é uma queixa comum das pessoas com Esclerose Múltipla. Pesquisas demonstram que, diferentemente do que ocorre em outras situações, na EM ela se mostra mais intensa e frequentemente associada a um grau de incapacidade persistente, sendo mais intensa no final da tarde e em temperaturas elevadas.

A nutrição, aliada a algumas mudanças comportamentais, pode contribuir para diminuir a fadiga e colaborar para um estado mais equilibrado e saudável.

Dicas de atitudes que contribuem para a minimização da fadiga:

  • Pela manhã, sempre manter a hidratação do corpo com água, pois a desidratação causa fadiga;
  • Dormir de 6 à 8 horas diariamente;
  •  Manter uma rotina de refeições de 3 em 3 horas e respeitar os ciclos de sono; 
  •  Evitar o consumo excessivo de álcool ou tabaco;
  •  Nunca pular refeições, mantendo uma média de 6 refeições diárias, divididas em: desjejum, colação (lanche), almoço, merenda, jantar e ceia;
  • Evitar ao máximo o consumo de cafeínas, tais como: café, chá preto, refrigerantes; energéticos e jamais combiná-los com bebidas alcoólicas; 
  • Exercícios realizados em máquinas melhoram a extensão do joelho e flexão, diminuem a fadiga e aumentam o desempenho na subida e descida de degraus;
  • Exercícios desenvolvem o relaxamento e a coordenação, apontando, também, melhora na diminuição de tosses,  o que garante uma grau de respiração equilibrado;
  • A prática de atividade física, até 3 vezes por semana, colabora com a desenvoltura muscular.

Dicas de alimentos que diminuem a fadiga:

Chia (sementes)

Por serem ricas em ômegas 3 e 9 (gorduras saudáveis) é um superalimento que coopera na diminuição da fadiga. Recomendação de 20g por dia.

Nozes

As nozes são frutas secas com valor energético rico, pois elas fornecem calorias, sendo grande fonte de vitaminas B e também de ômega 3. Recomendação de até 3 porções por dia.

Chocolate amargo

Este alimento tem fama de vilão por oferecer um bom aporte calórico, porém quando consumido com moderação apresenta benefícios. Os amargo e preto são mais aconselháveis por terem propriedades antioxidantes. Além disso, também oferecem substâncias estimulantes e que dão mais energia. Recomendação de até 20g por dia.

Lentilhas

As lentilhas fornecem nutrientes como ferro e carboidratos. Há diversas opções de consumo, a mais comum é o consumo da lentilha cozida temperada e adicionada a outros alimentos. Além disso, também pode ser servida junto com saladas frias e na preparação de hambúrguer. Recomendação de um copo por semana.

Banana

Amarela e brasileira, esta fruta é mais rica em carboidratos que as demais frutas e também fornece aminoácidos que contribuem na formação de serotonina, uma substância que previne a depressão. Deve-se tomar cuidado porque favorece o ganho de peso se for ingerida em grande quantidade, mas é fonte de potássio e outros nutrientes, devendo ser consumida diariamente uma pequena unidade.


Mayara Ribeiro Baptista
Nutricionista


2 comentários: