segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Prevenção e qualidade de vida


Fonte: Google imagens


A Esclerose Múltipla(EM) é uma doença crônica, degenerativa e progressiva relacionada ao Sistema Nervoso Central (SNC).

Algumas  manifestações secundárias da EM incluem infecção do trato urinário (ITU),  incontinência urinária, constipação, lesão por pressão, edema, deformidades de contratura, consequentemente comprometendo a  qualidade de vida.

A Enfermeira realiza o planejamento da assistência,  individualizado, capacitando o indivíduo com EM e desenvolvendo habilidades necessárias para realização do autocuidado.

Dentro dessa proposta,  uma abordagem específica diminui, previne e alivia as complicações secundárias.


Vamos dar dicas simples e eficazes para o autocuidado dentro das limitações impostas pela EM!!!! Aguardem e nos acompanhem!!!!!

Adriana Caldas Rocha
Enfermeira



Bacharel em Enfermagem pela Faculdade de Medicina do ABC- FMABC. Aprimoramento/Especialização em Enfermagem em Reabilitação Física HC FMUSP. Tem experiência em atendimento individual/grupo em programa de Reabilitação Ambulatorial e Internação, incluindo Visita Domiciliária: doenças crônicas e  neurodegenerativas  na lesão medular, lesão encefálica, amputados, paralisia cerebral e nas incontinências urinárias. Atuação em Ambulatório de Bloqueio Neuromuscular (Toxina Botulínica). Educadora em Saúde em curso de cuidadores de idosos e pessoas com deficiência física.


Um comentário:

  1. Vocês esqueceram de falar de algumas complicações, como mialgia,
    espasmos, parestesia, disfagia. pneumonia... e morte

    ResponderExcluir