terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Dieta anti-inflamatória


Fonte: Google imagens

Há pouco tempo, a dieta anti-inflamatória – que é semelhante à dieta do mediterrâneo – tem mostrado ser de grande utilidade. Os alimentos anti-inflamatórios aumentam a nossa imunidade por meio de algumas substâncias que têm a capacidade de melhorar a liberação de hormônios que impossibilitam ou até mesmo podem bloquear a ação inflamatória para reparar uma lesão.

O que se deve ingerir e o que se deve evitar:
  • Grande quantidade de alimentos frescos, um mínimo de alimentos processados e fast food e abundância de frutas e legumes.
  • Acrescentar uma grande quantidade de frutas e legumes, exceto cebolas e batatas que contêm alcaloide solanina.
  • Restringir ómega 6 com óleos vegetais e gorduras animais.
  • Rica em ómega 3, encontrados no azeite de oliva, linhaça, nozes, sementes de abóbora e peixes gordos oleosos de água fria, como salmão, sardinha, cavala e arenque. Outros óleos saudáveis incluem os de uva, nozes, canola.
  • Restringir carboidratos refinados, como sacarose, massas, pão branco e arroz branco.
  • Favorecer a ingestão de grãos integrais, como arroz integral, aveia, farelo de trigo, semente de linhaça, germe de trigo, gergelim e trigo bulgur.
  • Acrescentar fontes de proteínas magras, como frango e peixe, sem pele e sem gordura.
  • Restrição de ovo, carne vermelha, manteiga e outros produtos lácteos integrais.
  • Excluir alimentos refinados e processados.
  • Acrescentar especiarias como gengibre, curry, açafrão da terra e alecrim, que se acredita terem efeitos anti-inflamatórios.
  • Acrescentar boas fontes de fitonutrientes: frutas e vegetais de todas as cores, especialmente frutos silvestres, tomate, laranja e frutas amarelas e vegetais folhosos verde-escuros; vegetais crucíferos (repolho, brócolis, couve de Bruxelas); alimentos de soja, chá (especialmente branco, verde ou oolong), chocolate amargo com moderação.
  • Além do mais o peso deve ser mantido dentro dos padrões saudáveis e devem ser incluídos exercícios.

Atenção: antes de começar uma dieta anti-inflamatória, procure um médico ou nutricionista.

Tatiane Araujo Rufino
Nutricionista



Formada em Nutrição pela faculdade Fama de Mauá.
Nutricionista Voluntária da Associação Casa Do Senhor, Mauá - SP



Referência

MAHAM, L. K.; ESCOTT-STUMP, S. Krause: Alimentos, nutrição e dietoterapia. 13ª edição. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012. 908 p.


Um comentário:

  1. Cúrcuma (açafrão da terra) + Bioperina (pimenta preta), acredita-se ser o anti-inflamatório natural mais potente do mundo, a pimenta preta potencializa a absorção do açafrão em 2.000%, não é apenas anti inflamatório

    Fonte: Livro Minha vida Anticâncer - Dra. Odile Fernandez Martinez

    1. É um agente anti-séptico e antibacteriano natural, úteis na desinfecção de cortes e queimaduras.

    2. Quando combinado com a couve-flor, tem mostrado prevenir o cancro da próstata e parar o crescimento do cancro da próstata existente.

    3. Impedido de câncer de mama se espalhe para os pulmões em camundongos.

    4. Pode prevenir o melanoma e causar células de melanoma existentes para cometer suicídio.

    5. Reduz o risco de leucemia infantil.

    6. É um desintoxicante do fígado natural.

    7. Pode prevenir e retardar a progressão da doença de Alzheimer através da remoção da placa amyloyd acumulação no cérebro.

    8. Pode prevenir metástases ocorra em muitas formas diferentes de câncer.

    9. É um potente anti-inflamatório natural que funciona tão bem como muitas drogas anti-inflamatórias, mas sem os efeitos secundários.

    10. Tem se mostrado promissora em retardar a progressão da esclerose múltipla em camundongos.

    11. É um analgésico natural e COX-2 inibidor.

    12. Pode ajudar no metabolismo da gordura e ajuda no controle do peso.

    13. Tem sido usada na medicina chinesa como um tratamento para a depressão.

    14. Devido às suas propriedades anti-inflamatórias, que é um tratamento natural para a artrite e a artrite reumatoide.

    15. Aumenta os efeitos da quimioterapia com paclitaxel fármaco e reduz os seus efeitos secundários.

    16. Estudos promissores estão em andamento nos efeitos de cúrcuma em câncer de pâncreas.

    17. Estão em curso estudos nos efeitos positivos da cúrcuma em mieloma múltiplo.

    18. Foi demonstrado para parar o crescimento de novos vasos sanguíneos em tumores.

    19. Acelera a cicatrização de feridas e auxilia na remodelação da pele danificadas.

    20. Pode ajudar no tratamento de psoríase e outras condições inflamatórias da pele.

    ResponderExcluir