quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Merecemos viver plenamente


Fonte:http://cinemascope.com.br/colunas/51/nunca-e-tarde-para-comecar-a-viver-plenamente/


Desejo que todos estejam bem! 

Uma coisa fantástica que aprendi com o passar dos anos é que não importa o que você tenha de patologia, pois de alguma forma você irá despertar no outro discriminação ou pena. 

Com a Esclerose Múltipla, eu sofro duplamente: tanto com a enfermidade, quanto por não parecer doente. Só quando a ambulância para em minha casa é que as pessoas à minha volta sabem que eu sou doente. Contudo só eu sei o quanto é difícil fazer pequenos gestos como levantar da cama, pentear o cabelo ou tomar um delicioso banho.


Mas se eu posso dar um conselho a quem tem essa doença, é: sejam fortes. Sejam muito fortes. Ouçam seus médicos, mas principalmente, ouçam vocês mesmos. Respeitem suas limitações e nunca tenham dúvidas de que nada é impossível. Temos que ser os capitães de nossas vidas. Nem todo dia faz sol, mas quando surgir devemos seguir em frente com nossas limitações, afinal quem não tem? 

Hoje me aceito como sou, tive até o prazer de dispensar o meu ex. Por ter hoje a certeza que mereço o melhor e, como um rio, tenho que desviar dos obstáculos do caminho. Hoje, me aceito e respeito minhas dificuldades e as encaro como aprendizado. Uma frase me marcou profundamente: nem toda deficiência é visível. Então devemos seguir com coragem e determinação, conscientes de que nunca estamos sozinhos e que temos Esclerose Múltipla, mas não somos ela. Merecemos viver plenamente, da forma que pudermos e que nos faça feliz.

Rosângela Burbach
Fonoaudióloga


Meu nome é Rosângela Burbach, sou fonoaudióloga com mestrado, divorciada e tenho 2 filhas. Fui diagnosticada com Esclerose Múltipla em 2008.




Nenhum comentário:

Postar um comentário