segunda-feira, 13 de março de 2017

Tenho esclerose múltipla, posso me aposentar?


Fonte: http://consultarinss.com/2015/03/simulacao-de-aposentadoria-inss.html

A Esclerose Múltipla é uma doença incapacitante e nos garante diversos direitos como liberação de rodízio para quem vive em São Paulo, atendimento prioritário, isenção de imposto de renda, entre outros. Porém com relação à aposentadoria não é simplesmente o fato de ter a doença que te dará o direito de se aposentar. Mas não desanime, vou explicar melhor.

No INSS existem vários tipos de aposentadorias, uma que é por tempo de serviço, por idade, especial que é para quem trabalhou em exposição permanente a agentes agressivos, aposentadoria por invalidez e aposentadoria da pessoa com deficiência.

Geralmente quem tem esclerose múltipla acaba por se aposentar por invalidez porque começa a ter algumas incapacidades e acaba ficando impossibilitado de trabalhar. Em alguns momentos essa incapacidade para o trabalho é temporária, então a pessoa melhorando já pode voltar a trabalhar. Mas existem situações e pode acontecer com qualquer um, que a incapacidade que a impede de trabalhar é irreversível. Neste caso será necessário se aposentar por invalidez.

E a aposentadoria por invalidez acontece, independente de idade, quando as consequências da doença são irreversíveis e impedem o retorno ao trabalho.

Por isso digo, são as consequências da esclerose múltipla, como por exemplo a neurite óptica, ou a incapacidade motora, ou a confusão mental junto com diagnóstico da esclerose múltipla que comprova ser um quadro irreversível que dará o direito à aposentadoria por invalidez.

Já na aposentadoria da pessoa com deficiência, além de ser preciso comprovar a doença através de perícia, é preciso ter o tempo de contribuição exigido pelo INSS ou a idade, conforme a lei. E dependendo do grau da incapacidade será um valor diferente do benefício. 

Então não desanime, se você ainda consegue trabalhar, vamos em frente, continue trabalhando no seu ritmo, no seu tempo, respeitando os tempos de fadiga para não ter nenhum agravamento do seu quadro e poder se aposentar com um valor melhor. Mas se você não consegue trabalhar peça seu afastamento no INSS, leve o relatório do seu médico contando quais são suas incapacidades, você tem direito. Não precisa ter receio. É direito seu se aposentar.

Camila Zucareli P. Ribeiro
Advogada


Nascida em São Paulo, SP, 40 anos de idade, advogada. Especialista em direito empresarial e especialista em direito previdenciário. Atuou em escritórios e empresas sempre com a preocupação de melhorar o ambiente e trabalho e incluir a pessoa com deficiência nas empresas. Desde 2010 também é empresária. Já morou em Santos hoje mora em São Caetano e está sempre buscando aprender coisas novas. É casada, tem uma filha e adora viajar. Foi diagnosticada com esclerose múltipla bem no meio da Copa do Mundo de 2014.


5 comentários:

  1. Parabéns!
    Sanou algumas dúvidas minhas​ e acredito que de outros colegas, um abraço fique com Deus.
    👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  2. Sou portador de EM, do tipo remitente recorrente, desde 1962, portanto há 55 anos! Estava no emprego há 3 anos quando fui diagnosticado e o médico me disse: se você quiser eu te aposento. Falei para ele, de jeito nenhum quero me aposentar, vou á luta! Resultado, com EM e tudo, cheguei ao cargo de diretor dessa empresa, por sinal uma grande empresa!

    ResponderExcluir
  3. Camargo, tua história é uma luz. Tenho EM há 18 anos. Minha condição também permitiu que eu continuasse trabalhando e inclusive ocupando funções de direção. Agora estou num momento pos pulsoterapia, meio desanimada. Ler que podemos seguir a vida 55 anos com EM me fez um pouco mais otimista. É possivel! Abraço para você, espero que esteja bem.

    ResponderExcluir
  4. Dra Camila, obrigada pelos esclarecimentos. Embora eu pretenda continuar trabalhando enquanto puder, pessoas próximas insistiram para que conhecesse os direitos que tenho. Abraço e te cuida

    ResponderExcluir
  5. boa noite eu tenho EM remitente recorrente eu tenho 37 anos trabalho mais sinto dores nos braços parece que ele pesa uns 50 kilos pesa tanto que chega a doer foras outras coisas que sinto tbem, gostaria de saber se posso me aposentar? OBRIGADA

    ResponderExcluir