sexta-feira, 5 de maio de 2017

E quem cuida do cuidador?


Fonte: https://goo.gl/8kLhJ3


A família tem assumido, na maioria das vezes, a função cuidadora de seus familiares quando eles ficam doentes.

A vida familiar é  interrompida no seu  cotidiano pela descoberta de uma doença crônica. A dedicação de carinho, amor, zelo, compreensão, cuidado, paciência  é  triplicada  e isso faz com que  a família desenvolva algumas ações com o intuito de tratar seus entes queridos, como  sentimentos e comportamentos muito  diferenciados para  aliviar  suas dores e elegendo,  grande parte das vezes, um membro da família  como cuidador e acompanhante em tempo integral para seu ente querido que, além disso,  também continua cuidando da alimentação, educação, formação, entre outros aspectos, de todos os outros familiares.

Isso provoca mudanças drásticas no convívio familiar, como a sobrecarga   física, emocional, individual, social e profissional de uma pessoa só, gerando outras condições crônicas que passam a afetar toda a família.

Por esse motivos, todos os membros da família necessitam ter a consciência de se informar sobre a doença, suas causas, sintomas e tratamento para que a sobrecarga seja distribuída igualmente entre todos. 

Além disso, o apoio de profissionais da saúde, como psicólogos e demais terapias é primordial para o equilíbrio mental e físico dos familiares cuidadores do paciente.


Quem ama cuida.



Cida Moreira



Dona de casa, artesã e adora fazer comidinhas.







Um comentário: